O que é: Urticária crônica

A urticária crônica é uma condição dermatológica caracterizada pelo surgimento recorrente de lesões cutâneas avermelhadas e inchadas, conhecidas como urticas. Essas lesões podem ser acompanhadas de coceira intensa e podem durar mais de seis semanas. É uma condição que afeta uma parcela significativa da população, causando desconforto e impactando a qualidade de vida dos pacientes. Neste artigo, abordaremos em detalhes o que é a urticária crônica, suas características, causas e diagnóstico.


O que é a urticária crônica: definição e características

A urticária crônica é uma forma persistente de urticária, que se diferencia da urticária aguda por sua duração prolongada. As lesões cutâneas características da urticária crônica são chamadas de urticas, e são elevações avermelhadas e inchadas que podem variar em tamanho e forma. Essas lesões podem ocorrer em qualquer parte do corpo e podem se deslocar rapidamente, desaparecendo em um local e surgindo em outro.

Além das lesões cutâneas, a urticária crônica também é acompanhada de coceira intensa, que pode ser muito incômoda para os pacientes. Essa coceira pode ser tão intensa a ponto de interferir nas atividades diárias e no sono. Além disso, a urticária crônica pode ser associada a outros sintomas, como inchaço nos lábios, pálpebras e garganta, bem como sintomas sistêmicos, como fadiga e mal-estar geral.

Causas e diagnóstico da urticária crônica: uma visão aprofundada

As causas da urticária crônica ainda não são completamente compreendidas, mas acredita-se que envolvam uma resposta imunológica anormal. Em muitos casos, não é possível identificar uma causa específica para a urticária crônica, sendo classificada como urticária crônica idiopática. No entanto, em alguns casos, a urticária crônica pode estar relacionada a outras condições, como infecções, doenças autoimunes, distúrbios da tireoide e reações a medicamentos.

O diagnóstico da urticária crônica é baseado na avaliação clínica dos sintomas e na exclusão de outras possíveis causas. O médico pode solicitar exames complementares, como exames de sangue e testes de alergia, para descartar outras condições e identificar possíveis causas. É importante ressaltar que o diagnóstico da urticária crônica requer a presença de lesões cutâneas recorrentes por mais de seis semanas.

A urticária crônica é uma condição dermatológica que pode causar desconforto significativo e impactar a qualidade de vida dos pacientes. Embora suas causas ainda não sejam completamente compreendidas, é importante buscar um diagnóstico adequado e um tratamento adequado para aliviar os sintomas e melhorar a qualidade de vida dos pacientes. Se você suspeita estar sofrendo de urticária crônica, é fundamental procurar um dermatologista ou alergologista para uma avaliação precisa.